×

Publicidade

Brasil

Bolsonaro desconversa sobre sermão de arcebispo em Aparecida: “Comi mosca”

Líder religioso declarou, durante missa do dia de Nossa Senhora Aparecida, que "pátria amada não pode ser pátria armada"

 

O  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi a Aparecida do Norte na última terça-feira (13) e assistiu a uma missa para celebrar o dia de Nossa Senhora Aparecida e desconversou sobre a fala do arcebispo Dom Orlando Brandes que declarou que “pátria amada não pode ser pátria armada”.

“Se eu me lembro, ele não falou nada lá dentro, só se eu comi mosca”, declarou Bolsonaro em entrevista ao programa ‘Os Pingos nos Is’, transmitido pela rádio Jovem Pan. Através de vídeos divulgados em canais do YouTube, Jair aparece realizando leituras bíblicas durante a celebração, acompanhado do ministro da Ciência Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes; e do deputado federal Helio Bolsoanro (PSL-RJ).

Continua após a Publicidade

Durante o ato religioso, o arcebispo declarou que “para ser pátria amada seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos os irmãos construindo a grande família brasileira”.

Bolsonaro desconversa sobre sermão de arcebispo em Aparecida: “Comi mosca”

O  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi a Aparecida do Norte na última terça-feira (13) e assistiu a uma missa para celebrar o dia de Nossa Senhora Aparecida e desconversou sobre a fala do arcebispo Dom Orlando Brandes que declarou que “pátria amada não pode ser pátria armada”.

“Se eu me lembro, ele não falou nada lá dentro, só se eu comi mosca”, declarou Bolsonaro em entrevista ao programa ‘Os Pingos nos Is’, transmitido pela rádio Jovem Pan. Através de vídeos divulgados em canais do YouTube, Jair aparece realizando leituras bíblicas durante a celebração, acompanhado do ministro da Ciência Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes; e do deputado federal Helio Bolsoanro (PSL-RJ).

Durante o ato religioso, o arcebispo declarou que “para ser pátria amada seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. E pátria amada com fraternidade. Todos os irmãos construindo a grande família brasileira”.

 

 

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.