×

Publicidade

Brasil

Mourão quer pessoal administrativo atuando contra desmatamento

Vice-presidente afirmou que governo estuda uma forma de aumentar fiscalização na região da Amazônia e que Ibama tem apenas 300 fiscais

Mourão diz que medidas de combate à covid tiveram efeito.

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta sexta-feira (10) achar importante aumentar a fiscalização contra o desmatamento na Amazônia e que o governo estuda uma maneira de fazê-lo. Tambem nesta sexta, o governo estendeu a operação da Garantia da Lei e da Ordem que mantém a presença dos militares em áreas de conservação da Amazônia. A ação foi iniciada em maio.

Mourão afirmou que o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), órgão responsável por fiscalizar crimes ambientais, tem apenas 300 fiscais espalhados pelo país. “Como você vai operar com 300”, questiona. O vice-presidente comanda o Conselho da Amazônia e lidera as discussões para tentar conter o desmatamento na área.

Ele disse que as maneiras de ampliar o efetivo seriam duas, basicamente. Uma delas é contratação direta, num momento em que o governo evita o lançamento de concursos para aumento do funcionalismo para conter despesas, e a outra seria o deslocamento de funcionários de áreas administrativas para a fiscalização.

Continua após a Publicidade

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.