×

Publicidade

Coluna da Célia Lima

Redação do ENEM 2020 alerta sobre importância de se debater saúde mental no Brasil

Terapeuta e psicanalista amazonense Samiza Soares afirma que ainda há muito preconceito e desconhecimento sobre saúde emocional e autocuidado; Especialista alerta para a necessidade de quebrar paradigmas e difundir importância da terapia para saúde mental

No último domingo (18), cerca de 2 milhões de candidatos participaram do primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio, o ENEM, e, logo nesta etapa, tiveram que produzir uma redação seguindo o tema “O estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”. Para especialistas, mesmo que neste ano tenha havido grande índice de abstenção em relação ao número de candidatos, abordar o assunto é uma forma de ampliar a discussão sobre o tema e de desmistificar questões envolvendo a psique humana.

“Colocar a saúde mental em foco é urgente e necessário. Falar desse assunto, justamente no mês em que se é comemorado o Janeiro Branco, uma campanha nacional que convida as pessoas a refletirem sobre a saúde mental, é fundamental para desmitificar que terapia, por exemplo, é tratamento para pessoas loucas”, afirma a psicanalista e terapeurta amazonenese Samiza Soares.

Continua após a Publicidade

“Infelizmente, mesmo nos dias atuais, escutamos frases preconceituosas e completamente equivocadas, como, só faz terapia quem tem problemas mentais, quem é perturbado mentalmente e ‘doente da cabeça’. O erro e a visão deturpada sobre saúde mental começa aí, nos conceitos errados”, aponta.

A terapeuta revelou também que tem atendido em seu consultório e em suas consultas virtuais, pessoas que antes tinham olhar equivocado para a saúde mental e que agora estão assumindo a necessidade do autocuidado.

“Felizmente tenho observado em meu consultório e em conversas com conhecidos que esse preconceito está se transformando, as pessoas já não têm vergonha em assumir que estão fazendo terapia ou cuidando da sua saúde emocional, algumas até pedem para tirar fotos após a consulta, para serem postadas em suas redes sociais, porém, sinto que ainda temos um logo caminho a ser percorrido para quebrar esse preconceito”, afirma.

“Atendi pacientes que buscaram a terapia justamente para fazer o ENEM de forma mais tranquila, e que posteriormente tiveram que lidar com o adiamento do processo aqui em Manaus. Mas, apesar disso, eles disseram estar satisfeitos com a escolha do tema da redação. Segundo eles, se sairiam bem se tivessem feito, uma vez que conhecem, de fato, as vantagens de fazer terapia”, completa.

ENEM

Em razão da pandemia, o ENEM 2020 está sendo aplicado em duas versões: impressa e digital. Nesse domingo, seguindo os protocolos de distanciamento e uso de máscaras e álcool em gel,  os candidatos fizeram, além da redação, provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias. No próximo domingo (24), será a vez das provas de matemática e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, que garantiram que o protocolo de distanciamento fosse cumprido. A versão digital será nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.