×

Publicidade

Coluna da Célia Lima

Saiba como usar a nota do ENEM para realizar o sonho da graduação

Centro Universitário em São Luís oferece vantagens em financiamento estudantil

Faculdade Estácio São Luís

O sonho de conquistar o diploma da graduação, aos poucos, torna-se real para milhares de brasileiros. São oportunidades de financiamento estudantil a juros baixos e bolsas de estudo em instituições de ensino privadas que ampliam e popularizam o acesso ao nível superior. Aos 47 anos, Francisco Júnior encontrou a chance de cursar uma graduação pela primeira vez. “Sempre foi meu sonho fazer uma faculdade e me qualificar, mas quando mais novo não tive essa oportunidade e precisei trabalhar para sustentar minha família. Agora, finalmente estou realizando esse sonho”, conta.

O empresário faz parte do grupo de centenas de estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) em 2018. Apesar da maioria dos estudantes usar a nota do ENEM para ingressar em uma universidade pública, um grande número acaba usando a nota do exame para se matricular em faculdades privadas, exatamente como fez Francisco.

Continua após a Publicidade

Com nível técnico concluído, o empresário usou a nota do exame para a ingressar no curso de Administração, no Centro Universitário Estácio São Luís. “Depois que recebi o resultado da prova, fiquei pensando em como iria conseguir fazer minha graduação. Foi então que um amigo falou sobre o PAR e que a faculdade em que ele estudava tinha o programa”, lembra o universitário.

Assim como Francisco, centenas de alunos já usam o financiamento. “O PAR é um parcelamento proprio da Estácio e está disponível para todos os cursos, alunos ingressantes e de segunda graduação. Por meio do programa, os alunos contam com uma bolsa de 30% no valor do curso e fazem o parcelamento do restante. O benefício serve tanto aos cursos presenciais ou quanto à graduação digital”, explica António Teixeira, reitor da Instituição.

VESTIBULAR AGENDADO – Os estudantes contam ainda com outros caminhos, sendo um deles o vestibular agendado. Realizado em etapa única, o vestibular conta com diversos formatos e traz questões objetivas, discursivas e uma redação.

PROUNI – Para a primeira graduação, outra possibilidade é o Programa Universidade para Todos (PROUNI), por meio do qual a instituição oferece bolsas parciais e integrais a alunos de baixa renda. No entanto, para concorrer ao benefício, o estudante precisa ter feito o Enem mais recente, apresentando nota mínima de 450 nas provas objetivas e maior que zero na redação, além de preencher os requisitos de renda e escolaridade exigidos pelo MEC.

FIES – Outra alternativa para ingressar em um curso superior é o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). O financiamento estudantil a longo prazo e juros baixos permite que o estudante faça a faculdade inteira pagando uma pequena taxa referente aos juros. Só depois de formado, ele começa a quitar a dívida. Para conseguir o benefício, é preciso ficar atento às datas dos processos seletivos, que acontecem nos meses de janeiro e junho, atender aos requisitos de renda e ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação.

Já para os estudantes que querem cursar uma segunda graduação, não faltam opções. “Na Estácio São Luís, por exemplo, aqueles que já têm um diploma de nível superior podem receber até 25% de desconto, sendo na graduação presencial ou digital. Contamos com 21 cursos só no modo presencial e mais 72 na educação digital. Todos nas áreas da Saúde, Exatas, Sociais Aplicadas e Humanas”, revela Adriana Assis, gerente comercial da Instituição.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.