×

Publicidade

Coluna da Mandela

Jon Favreau, diretor de ‘O Rei Leão’, explica filme: ‘Queríamos que parecesse um documentário’

Ele participou de evento na Cidade do México nesta segunda-feira (24). Refilmagem em versão realista estreia em 18 de julho.

Resultado de imagem para o rei leão 2019

Jon Favreau, diretor de “O Rei Leão”, participou de um evento de lançamento do filme da Disney, na Cidade de México. Ele falou com jornalistas da América Latina nesta segunda-feira (24).

“Queríamos que parecesse um documentário live-action, mesmo que ele seja uma animação”, explicou o diretor.

O filme estreia no Brasil no dia 18 de julho, com a mesma história da animação lançada em 1994, mas em uma versão realista.

Continua após a Publicidade

“Eu aprendi muito trabalhando em ‘Mogli’, com um uso mais natural da tecnologia. Não queríamos usar rostos de humano nos animais, queríamos que parecessem animais mesmo.”

A versão em inglês tem vozes de Donald Glover como Simba; de Beyoncé como Nala; de Seth Rogen como Pumba e do retorno de James Earl Jones como Mufasa.

Para Favreau, sua missão era atualizar o filme original mas “manter o mesmo espírito”.

“A mensagem do ciclo da vida e do senso de comunidade era atual naquela época e é ainda mais agora.”

Mas será que o filme poderia concorrer ao Oscar de Animação? Ele riu da pergunta, disse que não poderia falar da parte burocrática.

Mas tecnicamente, segundo ele, “O Rei Leão” poderia concorrer entre animações ou entre filmes normais, com atores. “Tudo é efeito especial, mas mantivemos as técnicas do live action”, explicou.

O diretor também aproveitou que estava na Cidade de México para fazer uma brincadeira com a famosa culinária local:

“A comida é mais sobre ingredientes do que sobre o chef. Vocês no México têm os melhores ingredientes, tudo é feito de forma simples… É assim no cinema.”

Ver comentários
  • Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.