×

Publicidade

Coluna da Mandela

‘Lembra os clássicos de aventura’, diz vilão do filme ‘Jungle Cruise’

Edgar Ramírez falou sobre a produção protagonizada por Dwayne Johnson e Emily Blunt, inspirada na atração dos parques da Disney

Disney lança nesta sexta-feira (30) o filme Jungle Cruise, protagonizado por Dwayne Johnson e Emily Blunt. Além deles, outros grandes astros fazem parte do elenco, como Edgar Ramírez, Jesse Plemons, Paul Giamatti, Jack Whitehall e Veronica Falcón.

O astro de 44 anos já participou de sucessos como A Hora Mais EscuraJoy: O Nome do SucessoA Garota do TremThe Undoing e viveu o estilista Gianni Versace na série The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story, papel pelo qual concorreu ao Emmy Awards.

Entre os assuntos abordados, Edgar destacou a energia contagiante do elenco, as aventuras divertidas do filme e todo o senso de humor que rodeia a trama.

Continua após a Publicidade

O projeto dos sonhos

Ao explicar o que o atraiu para o projeto, Edgar revelou que uma mistura de coisas fez com que Jungle Cruise parecesse o filme ideal para ele: “Eu apenas amo todos os envolvidos neste projeto. Eu senti que estava sendo convidado para uma grande e divertida festa. Esse filme tem tanta cor, diferentes texturas e personagens, e é muito clássico em vários aspectos. Eu amo o mistério do meu personagem, Aguirre, a dualidade dele”.

Edgar faz mistério sobre o vilão que interpreta: “Não quero revelar muita coisa, mas ele é tipo um cara malvado mal-compreendido ou um bonzinho com coração muito despedaçado. Se você acrescentar o tom do filme, a aventura, mistério e o humor, são esses filmes que eu cresci assistindo quando era criança. Grandes filmes de aventura. Então, era um sonho para mim fazer parte de um filme assim. E interpretar um personagem como Aguirre, que caminha nessa linha tênue entre bem e mal, é muito interessante”.

Um mergulho na selva

Na história, Emily Blunt vive a Doutora Lily Houghton, pesquisadora que viaja de Londres até a selva amazônica para estudar uma árvore com supostos poderes de cura que poderia mudar os rumos da medicina. Para isso, ela contrata os serviços do capitão Frank Wolff para ser seu guia na floresta.

“Tudo acontece na Amazônia, que é um dos lugares mais bonitos e misteriosos do planeta. Eu venho de um país onde há floresta amazônica, então eu estive lá e é incrível. A selva é um personagem próprio, e você sente isso no filme. Se você vai para lá, e não conhece, a selva se torna uma ameaça. Mas ela não é maligna. Há tantas espécies diferentes e, basicamente, estamos falando dos pulmões do planeta. É bastante complexo. Nós temos também pessoas indígenas da selva que são personagens importantes no filme. Eles entendem a selva, ao contrário dos estranhos que estão chegando”, detalhou o ator.

O ator termina dizendo o que espera que o público sinta ao assistir Jungle Cruise: “Eu quero que as pessoas tenham ótimos momentos e sejam capazes de se perder em um mundo que é único e novo para elas. Um mundo que pode fazer com que elas sintam coisas que normalmente não sentem ou que não têm a oportunidade de sentir em suas vidas cotidianas. Esse filme tem todos os elementos para ser divertido e te deixar curioso. Quando você terminar de assistir, vai sentir como se tivesse saído de uma atração de parque de diversões”.

 

Jungle Cruise, da Disney, estreará nos cinemas e no Disney+ pelo Premier  Access | Disney Brasil

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.