×

Publicidade

Economia

Trabalhador que ganha mínimo terá R$ 5 a mais por mês em março

Este é o valor que deixará de ser descontado com as novas alíquotas do INSS. Já para quem ganha mais de R$ 6 mil, o salário líquido ficará R$ 42 menor

A partir deste domingo (1º) passam a valer as novas alíquotas de desconto do INSS sobre o salário dos trabalhadores privados e servidores. Com a mudança, alguns trabalhadores terão descontos menores dos que tinham até hoje e outros terão descontos maiores, o que vai resultar em mais ou menos dinheiro no bolso.

Para quem recebe um salário mínimo, atualmente R$ 1.045, o desconto será menor, porque a alíquota que era de 8% passa a ser de 7,5%. Se até fevereiro o trabalhador tinha descontado R$ 83,60 do salário pelo INSS, a partir de março, o desconto será de R$ 78,37. Ou seja, R$ 5 a mais no bolso do trabalhador todos os meses.

A alíquota cresce gradualmente e, na outra ponta, trabalhadores que recebem entre R$ 3.134,41 e R$ 6.106,06 terão o desconto aumentado dos atuais 11% para 14% do salário bruto (mas como a alíquota incide em faixas, a alíquota efetiva ficará em 11,69%). No caso de quem recebe R$ 6.106,06 ou mais (o teto do INSS), o desconto mensal passará dos R$ 671,66 atuais para R$ 713,86 uma diferença de R$ 42,20 a menos no bolso todos os meses.

Continua após a Publicidade

Para contribuintes individuais e facultativos a alíquota permanece a mesma, de 20%, e para servidores da União também há mudanças e as alíquotas variam de 7,5% até 22% para quem ganha mais de R$ 40,7 mil mensais.

As mudanças fazem parte da reforma da Previdência, texto aprovado no ano passado pelo Congresso Nacional. O montante descontado dos trabalhadores todos os meses é usado para pagar os benefícios dos que estão aposentados ou afastados. O objetivo das mudanças era reduzir o déficit da Previdência aumentando a contribuição dos que ganham mais.

 

 

Fonte:R7.com

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.