×

Publicidade

Deputado Alberto Franco defende criação de auto escolas públicas

albertoO deputado Alberto Franco (PMDB) voltou a lembrar nesta quinta-feira (29) na Assembleia Legislativa da necessidade de criação de autoescolas públicas, medida que considera importante como ação de inclusão social no Estado.

Ele ressaltou ter apresentado por três vezes a proposta na Casa, sendo a primeira vez em 2006, através do Projeto de Indicação nº 637,no qual pediu ao governador da época José Reinaldo Tavares que implantasse no Maranhão a Autoescola Pública para permitir aos cidadãos humildes a oportunidade de ter a sua carteira de habilitação.

Alberto Franco frisou que recentemente o deputado Penaldon Jorge (PSC) apresentou proposta semelhante. “Qual é o sentimento e a intenção do deputado? Se associar à nossa iniciativa. Eu acho que quanto mais colegas se associarem a esse sentimento, nós vamos ter mais oportunidade e mais possibilidade de ter essa obra social acontecendo no Estado do Maranhão”, comentou.

Continua após a Publicidade

Além da proposta apresentada em 2006, Alberto Franco relata ter feito mais dois projetos de indicação sobre o tema. “Em 2007, nós apresentamos novamente a Indicação 323, desta vez para o Governador Jackson Lago, Em 2010, pedimos, através da Indicação 006 de 2010, para a Governadora Roseana Sarney que pelo amor de Deus criasse no Estado do Maranhão a Autoescola Pública para contemplar as pessoas humildes que desejam ter a Carteira de habilitação“, explicou.

O parlamentar destaca como grande benefício trazido pela proposta a perspectivas de pessoas carentes conseguirem a Carteira de Habilitação para ter a oportunidade de uma vaga de emprego no mercado de trabalho na condição de motorista. Ele acrescentou que há cerca de um mês esteve conversando com a governadora Roseana Sarney e pediu que ela criasse no Estado do Maranhão, pelo menos nos grandes centros, São Luís, Imperatriz, Pinheiro, a Autoescola Pública para dar oportunidade às pessoas de terem sua Carteira de Habilitação.

Ele enfatizou que governadora se mostrou sensível e disposta a encampar este projeto e realçou que atualmente uma pessoa deve gastar em média R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) para tirar a carteira de habilitação.” Os pobres estão excluídos desse processo e a Carteira de Habilitação é garantia da conquista de uma profissão”, alertou.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.