×

Publicidade

Ribamar

Com sete arraiais, São João é oficialmente aberto em São José de Ribamar

A Prefeitura de São José de Ribamar deu início oficialmente neste sábado (22) aos festejos juninos, que acontecem até o dia 29 de junho em diversos bairros do município e tem como marca a valorização de artistas e brincadeiras locais.

Através da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, os arraiais da Sede, Vilas, além de bairros como Parque Vitória, Matinha, Panaquatira, Rio São João e Piçarreira foram recheados de cor, brilho, alegria e simpatia com as apresentações dos mais variados estilos e ritmos, colocando o São João de Ribamar como um dos mais bem planejados do Estado.

Continua após a Publicidade

No entanto, mesmo com a festança junina já a todo vapor para muitas brincadeiras, especialmente os bumba-bois, ainda é tempo de pedir bençãos divinas para garantir a segurança e proteção em todas as apresentações que ainda ocorrerão. Foi assim no último sábado: além da abertura oficial do São João, o dia foi marcado por vários batizados.

O prefeito Eudes Sampaio participou de uma extensa agenda em alguns bairros da cidade, começando por um dos pontos mais bonitos, referência turística em São José de Ribamar, a Praça da Matriz, em frente aos Santuário de São José de Ribamar, que ao cair da noite, foi cenário para o batizado do Boi Brilho da Ilha, de sotaque de orquestra.

Prestigiando a presença do prefeito, a brincadeira realizou uma belíssima apresentação, que reuniu uma multidão diante dos brincantes que esbanjavam beleza e simpatia.

Em seguida, Eudes Sampaio se dirigiu até o arraial no Parque Folclórico Therezinha Jansen, que possui uma grande estrutura com palco para bandas e para apresentações de brincadeiras, além de várias barracas e toda uma estrutura de iluminação e sonorização para garantir uma experiência singular ao público que comparecer ao local. Na oportunidade, ele aproveitou para cumprimentar e conversar com barraqueiros

O destaque também ficou para as apresentações que atraíram um grande público a para esta, que foi apenas a primeira noite dos arraiais em Ribamar, dentre elas a Dança Portuguesa Jovem Família de Lisboa, Companhia Só Não Vale Vaiá, Boi d’Itapari l, dentre outras.

Saindo de lá, foram as batidas cadenciadas das matracas e pandeirões do Boi Tremor da Campina que, literalmente, fizeram tremer quem festejou o batizado da brincadeira já tradicional no município e parte integrante na programação de apresentações oficiais da Prefeitura.

Ainda no sotaque de matraca, identidade cultural do Maranhão, o prefeito Eudes Sampaio ainda prestigiou e foi padrinho de duas outras brincadeiras nos bairros de Panaquatira e Matinha.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.