×

Publicidade

Política

AGU quer saber quem terá acesso ao vídeo de reunião citada por Moro

O braço jurídico do governo federal pede ao ministro Celso de Mello que recomende à Polícia Federal realizar “a segregação dos elementos"

Eu aceito críticas fundamentadas, mas tem muita gente falando abobrinha."

AGU (Advocacia-Geral da União) solicitou nesta sexta-feira (8) que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello informe quem terá acesso ao vídeo da reunião entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro realizada no dia 22 de abril.

“A união, neste ano… rogar seja verificada a possibilidade de vir a ser definida, desde logo, a inteira cadeia de custódia do citado registro”, diz a peça, assinada pelo advogado-geral da União, José Levi Mello do Amaral Júnior.

O braço jurídico do governo federal pede também ao ministro do STF que recomende à Polícia Federal realizar “a segregação dos elementos que sejam pertinentes daqueles que não sejam pertinentes ao inquérito”, acrescenta.

Continua após a Publicidade

Esse é o terceiro ofício enviado ao decano do STF sobre a ordem de entrega do registro da reunião, realizada no último dia 22. A ocasião foi citada por Moro durante seu depoimento à PF como o momento em que ele foi pressionado por Bolsonaro para trocar o comando da Polícia Federal.

 

 

 

Fonte: R7.com

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.