×

Publicidade

Câmara SL

“Esse é um olhar atento e humano do prefeito em fazer o Auxílio Emergencial”, destacou Francisco Chaguinhas

O vereador de São Luís, Francisco Chaguinhas (Podemos), que votou pela aprovação da lei que institui o Auxílio Emergencial Municipal na capital maranhense, destacou a importância de ajudar as pessoas que fazem cultura em São Luís, principalmente em tempos de pandemia.

“Quero parabenizar o prefeito Eduardo Braide pela iniciativa de criar esse projeto e ao vereador decano desta Casa, Astro de Ogum, por solicitar urgência no projeto. Esse é um olhar atento e humano do prefeito de São Luís, em fazer o Auxílio Emergencial para as pessoas que produzem cultura em nossa cidade. Nós sabemos que a pandemia afetou todos os setores da economia, mas o setor da cultura foi o mais atingido”, destacou Francisco Chaguinhas.

Segundo o vereador, esse auxílio pode não ser aquilo que os artistas vislumbravam, mas, neste momento de crise, é um grande aceno para eles. Que essa ação do prefeito Eduardo Braide, possa ter desdobramento tanto na esfera municipal, quanto estadual.

Continua após a Publicidade

“Eu quero aqui dizer que, quem faz cultura em São Luís, tem andado com o calvário, uma cruz nas costas, principalmente nesta pandemia. Nos últimos dias, temos visto uma ação do Ministério Público, que é legítima para evitar a proliferação da Covid-19, mas, o que tem acontecido são apreensões de equipamentos dos músicos e, posteriormente, os bares abrem com outros músicos, o que acaba acarretando em prejuízos aos artistas, que já estão com dificuldades para sobreviver, imagina para comprar novos equipamentos”, disse o parlamentar do Podemos.

Defensor da classe artística e cultural da capital maranhense, Francisco Chaguinhas propõe uma emenda à lei municipal de sua autoria, que resguarde o artista desse tipo de ato por parte de autoridades, já que os equipamentos são instrumentos de trabalho dos artistas culturais, para ganhar o pão de cada dia.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.