×

Publicidade

Eleições 2020

“Eu quero ser o seu candidato, quero ser o candidato do povo”, pontuou Jeisael

 

O candidato à Prefeito de São Luís, Jeisael Marx (REDE), deu entrevista ao programa Band Cidade 1, na manhã desta segunda-feira (28). A entrevista faz parte da série realizada pela Band Maranhão com os candidatos escolhidos em convenção partidária.

Durante a entrevista, Jeisael falou sobre a mudança de vida ao sair da TV para concorrer à Prefeitura de São Luís.

Continua após a Publicidade

 

“Eu sempre procurei dar função social à minha profissão, e atuar de forma a contribuir nas soluções dos problemas das comunidades. Chegou em um determinado momento, onde gostaria de fazer mais. Porque como jornalista, não temos o poder de executar, temos o poder de cobrar. Mas como prefeito, eu vejo que posso fazer”, disse Jeisael.

 

Jeisael destacou durante a entrevista que nos últimos 8 anos do mandato do prefeito atual não foi construída uma nova escola. E aproveitou para comentar sobre as parcerias realizadas pelo Governo do Estado durante os últimos anos, propondo a implantação de contraturnos em parceria com a iniciativa privada e participação da própria comunidade.

 

“Podemos fechar parcerias público-privadas, as famosas PPP’s, e podemos implantar contraturnos. Isso com as instituições que já existem dentro dos bairros. A criança estuda pela manhã na escola e ela tem um contraturno com outras atividades à tarde com outras instituições”, comenta Jeisael.

 

Na ocasião, disse que se ouve falar que há candidatos de Lula, de Flávio Dino, contudo, ressalta que quer ser o candidato do povo.

 

“Eu quero ser o seu candidato, quero ser o candidato do povo. Até porque não é o Lula que vem governar a Prefeitura de São Luís. Não é Bolsonaro. Flávio Dino já é Governador e já faz muito pela capital. Mas precisa de um Prefeito com pulso, que tenha coragem de fazer as coisas e que esteja independente, livre das amarras de grupos políticos”, ressaltou Jeisael.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.