×

Publicidade

Política

Governo Lula dispensa quatro militares da Vice-Presidência

O total agora é de 89 militares exonerados

 

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) exonerou mais quatro militares nesta segunda-feira (23). Em nova resolução, quatro oficiais do Exército foram retirados de cargos na Vice-Presidência da República , chefiada por Geraldo Alckmin (PSB) .

A lista de militares dispensados que trabalhavam no Executivo federal aumentou. O total agora é de 89 agentes demitidos. Destes, 39 atuavam no atuavam Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, e outros 46 na Coordenação de Administração do Palácio da Alvorada , residência oficial do presidente.

Continua após a Publicidade

Segundo o Diário Oficial da União (DOU), os oficiais dispensados foram:

  • Cabo Matheus Augusto Borges Pessoa, do Exército. Dispensado da função de especialista na Assessoria Militar da Vice-Presidência;
  • Sargento Evaldo Cristiano Nunes Moura, do Exército. Dispensado da função de assistente na Assessoria Militar da Vice-Presidência;
  • Cabo Paulo Jhonatan Soares de Souza, do Exército. Dispensado da função de especialista no Departamento de Administração e Finanças da Vice-Presidência;
  • Tenente-coronel Alexandre de Assis Lauria, do Exército. Dispensado da função de assistente militar na Assessoria Militar da Vice-Presidência.

O presidente Lula demitiu no último sábado (21), o comandante do Exército, general Júlio César de Arruda . O substituto é o atual comandante militar do Sudeste, general Tomás Miguel Ribeiro Paiva.

Arruda assumiu interinamente o comando do Exército, em 30 de dezembro do ano passado, ainda no governo Jair Bolsonaro, e foi confirmado no cargo pelo ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, no dia 6 de janeiro deste ano.

O comandante exonerado ainda participou de uma reunião na última sexta-feira (20), no Palácio do Planalto, com Lula, o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, e os comandantes da Marinha, almirante Marcos Sampaio Olsen, e da Aeronáutica, brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno.

 

 

Fonte: ultimosegundo.ig.com.br

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.