×

Publicidade

Política

Moro autoriza uso da Força Nacional em área indígena do Maranhão

A aldeia dos Guajajara está localizada no município de Jenipapo dos Vieiras, quinhentos quilômetros ao sul da capital São Luís

Presidente Jair Bolsonaro, contém avanços para a legislação criminal.

O Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou nesta segunda-feira (9) o envio de tropas da Força Nacional para o Maranhão, na região onde dois índios da etnia  Guajajara morreram em um atentado a tiros registrado no sábado (7).

Ainda no sábado, o ministro afirmou, no Twitter, que a equipe da Polícia Federal foi enviada ao local para investigar o crime e suas motivações. “Nossa solidariedade às vítimas e aos seus familiares”, escreveu.

A aldeia está localizada no município de Jenipapo dos Vieiras, no Maranhão, 500 quilômetros ao sul da capital São Luís.

Continua após a Publicidade

O Ministério da Justiça informa a Força Nacional irá apoiar o trabalho da Fundação Nacional do Índio (Funai) nas ações de segurança pública por 90 dias, a partir de 10 de dezembro. O prazo pode ser prorrogado caso seja necessário.

Não está definido o número de servidores enviados para a operação.

O caso

No início da tarde de sábado, dois índios da etnia guajajara foram baleados às margens da BR-226, no município de Jenipapo dos Vieiras, no Maranhão. Segundo a Funai, os indígenas foram atingidos por tiros disparados por ocupantes de um veículo Celta de cor branca e com vidros espelhados.

Antes, em 1º de novembro, Paulo Paulino Guajajara foi morto em uma emboscada na Terra Indígena Arariboia (MA) quando realizava uma ronda contra invasões.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.