×

Publicidade

São Luís

Prefeito Braide anuncia retorno de público aos estádios de São Luís a partir de segunda-feira (20)

 

Em reunião com o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF) e representantes de clubes de futebol na tarde desta quinta-feira (16), na sede do Executivo Municipal, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, anunciou a retomada de público nos estádios da cidade a partir da próxima segunda-feira (20) e apresentou protocolos sanitários, com base em estudos científicos, para garantir a segurança da população em jogos futuros.

“Nós já temos quase 80% da população adulta completamente imunizada. Isso reflete diretamente nos números de ocupação da nossa rede municipal de saúde e é o que nos dá tranquilidade para tomar essa decisão de retorno de público aos estádios. Aliado a todas essas ações, o Município estabeleceu protocolos sanitários para que possamos garantir a segurança de todos os torcedores e torcedoras que forem aos estádios”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

Continua após a Publicidade

Também estiveram presentes, os secretários municipais de Saúde, Joel Nunes, e de Desporto e Lazer, Ricardo Diniz, que apresentaram, respectivamente, evidências científicas pautadas no ritmo da vacinação contra a Covid-19 em São Luís e os esforços que serão executados para que os protocolos sanitários sejam seguidos pela federação, clubes e torcedores durante permanência nos estádios e espaços esportivos.

Entre as principais medidas para que o retorno de público aos estádios da capital seja possível está a limitação de torcedores a 30% da capacidade. Além disso, ficam mantidos protocolos como o distanciamento social, uso obrigatório de máscara de proteção e aferição de temperatura na entrada aos espaços, bem como a constante higienização das mãos com álcool a 70% – que deverá ficar, em pontos estratégicos, à disposição dos torcedores e das equipes esportivas.

“Consideramos os nossos boletins epidemiológicos, as nossas taxas de ocupação de leitos de UTI e clínicos, além dos números de novos casos e óbitos, para que chegássemos a essa decisão. Estamos há mais cinco semanas com queda consistente nessas taxas, o que nos mostra que essa a tendência é permanente. Por conta disso, associado ao avanço da vacinação, vamos permitir que, de maneira conservadora, 30% da capacidade dos estádios voltem a ser ocupados por torcedores durante as partidas”, disse o secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes.

De acordo com dados do boletim da Semus, da última quarta-feira (15), 78,12% da população adulta estava completamente imunizada, ou seja, recebeu a segunda dose ou dose única da vacina. Além disso, a taxa de ocupação de leitos clínicos estava em 4% e a de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em 32,5%.

Protocolos sanitários

Além das medidas que já vêm sendo impostas desde o início da pandemia de Covid-19, outras mais rígidas serão aplicadas para que o retorno de público aos estádios seja possível. Com a decisão, será permitida a venda de bebidas e de alimentos nos estádios, que deverão ser consumidos no próprio assento, que serão sinalizados de forma que haja o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre um banco e outro.

Os funcionários dos estádios, mesmo que de empresas terceirizadas, serão obrigados a apresentar documento comprobatório de imunização plena contra a Covid-19.

Além disso, atletas e equipes técnicas que compõem os times deverão apresentar teste negativo para a Covid-19, realizados com 72h antes da partida. Os testes poderão ser solicitados à Secretaria Municipal de Desporto e Lazer (Semdel), que tratará da viabilização deles com a Secretaria Municipal de Saúde.

“Essa decisão está sendo tomada diante uma metodologia científica e não apenas na vontade de querer levar ou não o público aos estádios, por isso estamos muito felizes em contribuir com esse momento, em que faremos valer todas as medidas sanitárias apresentadas pelo prefeito Eduardo Braide”, comentou o secretário de Desporto e Lazer, Ricardo Diniz.

Ganho para o esporte

O anúncio da liberação de público nos estádios a partir do dia 20 deste mês agradou os representantes da FMF e clubes de futebol da cidade, que desde o início da pandemia do novo coronavírus têm sofrido perdas, ainda que, há pouco, tivessem conseguido colocar os times de volta em campo, mas sem as torcidas.

“O prefeito Eduardo Braide está de parabéns, porque nós saímos na frente em liberar 30% dos estádios sem a cobrança do teste de covid para o torcedor. Isso é pioneirismo no Brasil e está se fazendo com embasamento científico”, pontuou o presidente da FMF, Antônio Américo.

 

RETORNO DE PÚBLICO AOS ESTÁDIOS

1. A partir de segunda-feira (20);

2. Capacidade de 30% do público total dos estádios;

3. Uso obrigatório de máscara;

4. Temperatura aferida na entrada dos estádios e a disponibilização de álcool a    70%;

5. Distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os torcedores;

6. Permitida a venda de bebida e alimentos, que deverão ser consumidos no       próprio assento;

7. Funcionários, mesmo os de empresa terceirizada, devem apresentar documento  comprobatório de imunização plena contra a Covid-19;

8. Atletas e equipes técnicas deverão apresentar teste negativo para a Covid-19 realizado até 72h antes das partidas;

9. A Semus disponibilizará testes rápidos para Covid-19 aos atletas e equipes técnicas, caso haja solicitação;

10. Os torcedores deverão atender à sinalização de ocupação de assentos ou arquibancadas.

O Decreto com as medidas para o retorno de público aos estádios será publicado no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (17).

 

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.