×

Publicidade

São Luís

Prefeito Eduardo Braide inaugura Centro de Referência Pós-Covid de São Luís

 

O prefeito Eduardo Braide inaugurou, na tarde desta segunda-feira (19),o Centro de Referência Pós-Covid, na Unidade Mista do Bequimão, em São Luís. O local vai fazer, a partir de agora, o atendimento dos pacientes que ficaram com sequelas decorrentes da infecção pelo coronavírus, com equipe médica multidisciplinar em que serão detectados e tratados os sintomas mais persistentes e que afetam o dia a dia do paciente mesmo após o fim da infecção.

Durante a abertura do centro, o prefeito Eduardo Braide destacou que São Luís conta com uma rede que garante assistência integral durante a pandemia. “Além de todas as medidas preventivas que são importantes, temos unidades para atendimento às síndromes gripais leves e aos casos moderados e graves. Agora fechamos o ciclo de assistência garantindo também atendimento pós-Covid para quem ficar com sequelas respiratórias, emocionais, cardíacas e tantas outras que forem diagnosticadas. Vamos garantir ainda apoio às famílias enlutadas. Esta é mais uma iniciativa importante da Prefeitura para que possamos vencer esta pandemia juntos”, afirmou o prefeito.

Continua após a Publicidade

O Centro vai funcionar anexo à Unidade Mista do Bequimão e conta com os serviços de psiquiatria, neurologia, fisioterapia, nutrição, médico de terapias integrativas, pediatria, psicologia, terapia ocupacional, cardiologia, pneumologia e assistência social. A unidade também vai oferecer apoio às famílias enlutadas e que necessitem de assistência.

O local funcionará de segunda-feira à sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h e atenderá pacientes de todas as faixas etárias. Para ter acesso aos serviços, o paciente deve ir até a unidade, se dirigir a um dos quatro guichês para que possa agendar seu atendimento. No centro também funcionará uma unidade da Central de Marcação de Consultas (Cemarc) para agilizar a marcação de exames e procedimentos, caso seja necessário

O paciente passará por triagem com clínico geral, assistente social e psicólogo para que sejam identificadas suas sequelas e que tipo de tratamentos e terapias serão necessários. Para garantir o atendimento com todo o conforto e segurança foram disponibilizados sete consultórios e uma sala de reabilitação onde serão realizadas as consultas médicas, atendimentos psicológicos, fisioterapêuticos, fonoaudiológicos, acupuntura, entre outros.

O secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes, informou que a capacidade de atendimento é de até 100 pacientes por dia. “Cada profissional pode realizar de 12 a 15 atendimentos diários com toda a atenção que os pacientes precisam. Com isso, podemos atender pelo menos 100 pacientes diariamente, somando todas as especialidades disponíveis. Vamos acompanhar de perto esta demanda para que os serviços sejam adequados de acordo com as necessidades da nossa população”, disse.

As sequelas do coronavírus podem afetar a qualidade de vida dos pacientes, por isso, mesmo após a cura, nenhum mal-estar deve ser menosprezado. Casos graves da doença, que exigiram internação, tendem a abalar mais o organismo no longo prazo. Mas mesmo os casos mais leves da doença também podem deixar marcas prolongadas.

Entre as queixas mais comuns dos pacientes que tiveram Covid-19 estão: fadiga, falta de ar, dores de cabeça, musculares, queda de cabelo e no peito, tontura, ansiedade entre outros. Todos estes sintomas e outros que surgirem serão tratados no Centro de Referência Pós-Covid, na Unidade Mista do Bequimão, e os resultados integrarão estudos da Associação Médica Brasileira e Sociedade Brasileira de Cardiologia para que seja traçado um estudo mais completo das sequelas deixadas pelo coronavírus.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.