×

Publicidade

São Luís

Prefeito segue com agenda e acompanha obras na Vila Sésamo, Pindorama, Santa Efigênia e Jardim São Cristóvão

Gestor tem transformado a realidade de diversos bairros com programa São Luís em Obras que leva asfaltamento, drenagem profunda e superficial, reforma de praças, mercados e unidades de saúde no maior pacote de infraestrutura da história da cidade

Prefeito Edivaldo segue com agenda de vistorias e acompanha andamento de obras na Vila Sésamo, Pindorama, Santa Efigênia e Jardim São Cristóvão

O prefeito Edivaldo Holanda Junior teve mais um dia de agenda cheia nesta quarta-feira (08) com vistorias a várias frentes de trabalho do programa São Luís em Obras. Pela manhã ele acompanhou os serviços de drenagem e pavimentação que estão sendo executados na Vila Sésamo, na Liberdade; e no Parque Pindorama. À tarde ele esteve na Santa Efigênia e Jardim São Cristóvão, que também recebem serviços de drenagem profunda e asfaltamento. As obras, após concluídas, vão proporcionar mais qualidade de vida às comunidades que terão mais mobilidade urbana e acessibilidade, bem como a resolução de problemas de alagamentos durante o período de chuva. Com o São Luís em Obras, o gestor municipal tem levado a diversos bairros da cidade intervenções urbanísticas que incluem construção e reforma de praças, mercados públicos, unidades de ensino e de saúde, entre outras.

“Estas obras são uma resposta da nossa gestão para os moradores destes bairros. Na Vila Sésamo, próximo da Liberdade, estamos resolvendo o problema de drenagem que há muito tempo os moradores esperavam. Na região, os bairros da Liberdade, Camboa e Diamante já foram contemplados com serviços de asfaltamento e iluminação nova. A Liberdade ganhou quadra poliesportiva e a Camboa duas praças e em breve entregaremos a da Vila Bangu. Estamos ampliando as ações da Prefeitura em vários bairros e chegando em outros. As obras também avançam no Parque Pindorama, Santa Efigênia e Jardim São Cristóvão. Estamos atendendo demandas históricas da população, chegando com obras em locais que nunca receberam asfalto e serviço de drenagem. O programa São Luís em Obras está, de fato, transformando a vida de comunidades urbanas e também da zona rural da nossa cidade”, afirmou o prefeito Edivaldo, que esteve acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro e do secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo.

Continua após a Publicidade

No bairro Vila Sésamo, a Prefeitura está cobrindo uma galeria pluvial de aproximadamente 400 metros de extensão, que vai da Rua Vila Sésamo, passando pela Rua da Galeria até as imediações do Promorar, próximo à Avenida Quarto Centenário, desembocando na área de mangue daquela região. Esta obra é uma demanda de mais de 30 anos da comunidade local.

Cada bloco de concreto armado, utilizado para cobrir a galeria, pesa cerca de 500 quilos. A instalação de cada peça requer a força de um guindaste, do tipo mais conhecido como munk, geralmente acoplados à carroceria de caminhões de médio porte. As peças são seladas com cimento, compondo um pavimento único cobrindo toda a galeria.

“Estamos utilizando blocos de concreto pré-moldado de alta resistência para realizar a cobertura desta galeria, com objetivo de realizar a urbanização do canal e também do entorno, ou seja, vamos executar também a pavimentação do local e também dos acessos que ficam no entorno”, explicou o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo.

Para os moradores, a obra só trará benefícios. “Faz quase 30 anos que essa galeria é um canal a céu aberto. Eu tenho quase 50 anos de morador da Liberdade. Conheço bem este bairro. Há ocorrência de alagamentos todos os anos, quando chove e também quando há maré alta, pois esta galeria vai terminar no mangue. Muitas vezes a galeria transborda. Agora, esperamos que esta situação seja resolvida com esta obra”, ponderou Carlos Magno Maia Castro.

“Está ficando muito boa esta cobertura. Aqui tinha umas passagens velhas, de madeira, improvisadas pela comunidade. Agora são peças de concreto. Isto tudo é melhoria para a área e eu espero que melhore ainda mais”, disse o morador Osvaldo dos Santos Pereira, residente há 5 anos na Rua da Galeria.

Por meio do programa São Luís em Obras, o bairro Liberdade já foi contemplado com a implantação de 14 km de asfaltamento. Bairros adjacentes como Camboa e Diamante também estão recebendo obras, como asfaltamento de ruas e avenidas nos dois bairros e a construção da praça da Vila Bangu, na Camboa, que está em andamento. Na área também foi feita a urbanização do espaço antes conhecido como Praça do Jumento, transformado em duas praças (Praça Carlos Chaib e Praça da Camboa). A área, antes degradada, ganhou paisagismo, playground, calçadas, rampas de acesso, canteiros, academia ao ar livre e outros equipamentos.

PARQUE PINDORAMA

O prefeito Edivaldo também acompanhou o trabalho que está sendo iniciado nas ruas do Parque Pindorama, locais que nunca haviam sido pavimentados e que aguardam há mais de 30 anos por urbanização. O vice-prefeito Júlio Pinheiro integrou-se à comitiva da Prefeitura, assim como lideranças políticas locais.

“O programa São Luís em Obras alcança dezenas de bairros da cidade e está concretizando um compromisso da gestão Edivaldo de realizar o sonho de muitas comunidades. São mais de 200 frentes de trabalho em andamento com drenagem profunda, superficial, pavimentação, ou seja, um conjunto de ações muito impactantes, importantes para a sociedade. Eu tenho acompanhado desde o início todo este esforço da nossa gestão, de atender a um direito básico das pessoas e isto nos deixa muito felizes, que é o fato de podermos atender a estas demandas”, ponderou o vice-prefeito Julio Pinheiro.

Na área do Parque Pindorama, estão sendo implantados 400 metros de drenagem profunda e, em seguida, serão 6 km de pavimentação e, concomitantemente, 6 km de drenagem superficial (meio fio, sarjetas e bocas de lobo). Os trabalhos foram iniciados pelas ruas Imperatriz, Alcântara e Bacabal, onde máquinas de terraplanagem estão nivelando o leito das ruas para o serviço de pavimentação. Moradores do local informaram que nunca havia sido feito asfaltamento no bairro.

“Nunca vi asfalto por aqui. Moro na Rua da Imperatriz há 31 anos e venho convivendo com a falta de infraestrutura, segurança e lazer. Em outros tempos, foram feitos pequenos reparos em alguns pontos do bairro e até chegaram a fazer terraplanagem, mas uma obra completa, como a que está sendo iniciada aqui, ainda não havia sido feita”, informou Elzimar Belga, de 69 anos de idade.

 

Na Santa Efigênia a Prefeitura está implantando rede de drenagem profunda de 600 metros de extensão na Avenida João Alberto, principal do bairro e implantação de pavimentação em diversas ruas e avenidas. O Jardim São Cristóvão está sendo contemplado como rede de drenagem profunda de 1.5 km de extensão, 5 km de asfalto e com a construção da Ponte do Baixão com 10 metros de extensão.

Ver comentários
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.